5 locais a não perder em Milão

1. Il Duomo

A peça central da Piazza del Duomo é um edifício que combina na sua fachada o preponderante estilo gótico com traços renascentistas culminando num telhado recheado de espiras, estátuas e elementos que tornam toda aquela estrutura num verdadeiro espectáculo visual. A catedral de Milão é considerada um dos maiores e mais belos exemplos do gótico europeu.

2. Galleria Vittorio Emanuele II

Este edifício foi, muito provavelmente, o responsável de elevar Milão a capital da moda, não fosse ele um dos mais antigos centros comerciais do mundo no seu conceito actual. Nele estão reunidas lojas das marcas da haute couture italiana e internacional, mas para mim, a sua arquitectura neoclássica arrojada e elegante é a principal razão para esta atracção merecer uma visita.

3. Chiesa di San Benardino alle Ossa

A beleza desta igreja é simplesmente indescritível, e não é para menos, uma vez que é completamente decorada com nada mais nada menos que… ossos do esqueleto humano, do crânio ao fémur, estão todos lá! Apesar de à primeira vista parecer macabro, o conjunto de imagens, os frescos do tecto, as cores, luzes, cheiros e a própria atmosfera do local transformam-na numa das mais belas igrejas que já vi.

4. Castello Sforzesco

Construído no séc. XV por uma influente família italiana da época medieval, os Sforza, o castelo transporta-nos para o seu tempo, apresentando-nos belos tectos cuidadosamente pintados, estátuas e instrumentos bélicos e do quotidiano. Para além disso, o castelo é também utilizado como espaço de exposições artísticas e culturais temporárias e como museu, que inclui peças de elevado valor histórico, desde múmias egípcias a artefactos primitivos.

5. Chiesa di Santa Maria Presso San Satiro

Na minha opinião, este é o segredo mais bem guardado da capital da Lombardia, trata-se de uma pequena igreja que apesar de se localizar numa rua principal, passa facilmente despercebida. No entanto, quem a encontra e se aventura pelo seu interior descobre um dos mais belos trabalhos de Bramante, o altar utiliza pintura ilusionista e técnicas de relevo para simular a continuação da nave da igreja num excelente trabalho de perspectiva.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.